FULGOR E MORTE DE JOAQUÍN MURIETA

Calcule o valor e prazo do frete

    Sinopse

    Características

    'Fulgor e morte de Joaquín Murieta' é a única peça teatral escrita pelo poeta chinelo Pablo Neruda, falecido em setembro de 1973. Surgido em forma de poesia na juventude do autor, foi posteriormente adaptado para os palcos - sem perder, no entanto, a beleza presente nos versos que valeram a Neruda o Prêmio Nobel de Literatura. É a história trágica de Joaquín Murieta, visto como herói pelo Chile e pelo México, reivindicadores ambos de ser o local de seu nascimento. Participando da corrida do ouro, na Califórnia, Murieta tem a mulher assassinada numa ação racista. A partir de então, jura vingança e se transforma num justiceiro - que inspirou a famosa lenda do Zorro. Mineiros, camponeses, pescadores e aventureiros chilenos, acostumados a vencer as dificuldades de uma América Latina áspera e pobre, deslumbram-se violentamente com a incrível Corrida do Ouro, na Califórnia. Pelo fato de os ianques terem atravessado o continente em lentas carroças, os chilenos curiosamente conseguiram realizar a façanha de chegar antes ao local do ouro. Entre eles estava o mais famoso 'bandido e fora-da-lei' - Joaquín Murieta. Ele teve a sorte de encontrar ouro e casar-se com a mulher que amava, sua compatriota Teresa. Porém, enquanto procurava novas jazidas, a tragédia aconteceu. Ao regressar e encontrar a esposa morta, Murieta torna-se um vingador. A partir de então, humilhações e atentados realizados por grupos racistas não mais ficaram impunes. Segundo a lenda, o chileno e seu bando roubavam do rico para dar ao pobre - ou seja, devolviam aos despojados o que tomavam dos despojadores.

    Especificação

    ISBN9788528600711
    TítuloFULGOR E MORTE DE JOAQUÍN MURIETA
    EditoraBERTRAND BRASIL
    Formato16 X 23 cm
    Espessura1 cm
    Páginas160
    IdiomaPortuguês
    AssuntoTEATRO
    Tipo de CapaBrochura
    Edição1ª Edição
    Ano de Publicação2000

    Home

    Sinopse1'Fulgor e morte de Joaquín Murieta' é a única peça teatral escrita pelo poeta chinelo Pablo Neruda, falecido em setembro de 1973. Surgido em forma de poesia na juventude do autor, foi posteriormente adaptado para os palcos - sem perder, no entanto, a beleza presente nos versos que valeram a Neruda o Prêmio Nobel de Literatura. É a história trágica de Joaquín Murieta, visto como herói pelo Chile e pelo México, reivindicadores ambos de ser o local de seu nascimento. Participando da corrida do ouro, na Califórnia, Murieta tem a mulher assassinada numa ação racista. A partir de então, jura vingança e se transforma num justiceiro - que inspirou a famosa lenda do Zorro. Mineiros, camponeses, pescadores e aventureiros chilenos, acostumados a vencer as dificuldades de uma América Latina áspera e pobre, deslumbram-se violentamente com a incrível Corrida do Ouro, na Califórnia. Pelo fato de os ianques terem atravessado o continente em lentas carroças, os chilenos curiosamente conseguiram realizar a façanha de chegar antes ao local do ouro. Entre eles estava o mais famoso 'bandido e fora-da-lei' - Joaquín Murieta. Ele teve a sorte de encontrar ouro e casar-se com a mulher que amava, sua compatriota Teresa. Porém, enquanto procurava novas jazidas, a tragédia aconteceu. Ao regressar e encontrar a esposa morta, Murieta torna-se um vingador. A partir de então, humilhações e atentados realizados por grupos racistas não mais ficaram impunes. Segundo a lenda, o chileno e seu bando roubavam do rico para dar ao pobre - ou seja, devolviam aos despojados o que tomavam dos despojadores.
    Autor1NERUDA, PABLO

    QUEM VIU, VIU TAMBÉM

    Veja os livros que os outros também se interessam!

    Quem viu, viu também

    QUEM COMPROU, COMPROU TAMBÉM

    Veja os livros que os outros também se interessam!

    Quem comprou, comprou também

    MAIS VENDIDOS

    Veja os livros mais vendidos desta categoria!

      CONTINUECOM A GENTE!
      Assine nossa newsletter e fique por dentro das novidades da Livraria Unesp!