HISTÓRIA E POESIA EM DRUMMOND - A ROSA DO POVO

Calcule o valor e prazo do frete

    Sinopse

    Características

    Nos momentos decisivos da II Guerra Mundial, Carlos Drummond de Andrade escreveu poemas marcados pela figuração de questões por muitos consideradas "prosaicas". Foram os anos 1943-1945, quando o avanço nazi-fascista recebia duros golpes, sobretudo em território soviético. As sucessivas derrotas impostas pela Resistência ao Eixo Roma- Berlim-Tóquio revigoravam a participação mundial contra o universo de valores fascistas, marcado pela defesa raivosa da propriedade privada dos meios de produção e pelo combate a formas de governo participativo. Não há como negar que, em A rosa do povo, o seu fundamento artístico reside na pluralidade de temas e de formas, como também não se pode deixar de intuir que essa pluralidade vertiginosa serve a um projeto poético rigorosamente coeso. Qualquer descrição de aspectos estilísticos poderá criar categorias analítico-estruturais que, provisórias, resvalarão em equívoco ou precariedade, caso o necessário salto interpretativo desconsidere contextos os mais diversos, sobretudo o contexto imediato de produção e recepção dos poemas: 1943-1945 (bem como o contexto da própria obra, que são os poemas em si e nos diálogos evocados entre si ou com outros universos artísticos). Desse modo, a coletânea não se restringe a apenas mimetizar fragmentos da realidade na qual explicitamente se engaja, porque, ao contrário, em seus aspectos os mais diversos, íntimos ou exteriores, transfiguram-se significados e significantes costumeiros, através de uma potente, porque polissêmica e densa, linguagem poética. Mas nem por isso a transfiguração da univocidade reificada deverá, necessariamente, romper com o significado social do ato lingüístico, porque o que se percebe nas especificidades líricas da obra drummondiana de 1943-1945 é, ao contrário, a figuração de si própria como ato discursivo, marcando essa metalinguagem como resultado rigoroso de volição lírica.

    Home

    Sinopse1Nos momentos decisivos da II Guerra Mundial, Carlos Drummond de Andrade escreveu poemas marcados pela figuração de questões por muitos consideradas "prosaicas". Foram os anos 1943-1945, quando o avanço nazi-fascista recebia duros golpes, sobretudo em território soviético. As sucessivas derrotas impostas pela Resistência ao Eixo Roma- Berlim-Tóquio revigoravam a participação mundial contra o universo de valores fascistas, marcado pela defesa raivosa da propriedade privada dos meios de produção e pelo combate a formas de governo participativo. Não há como negar que, em A rosa do povo, o seu fundamento artístico reside na pluralidade de temas e de formas, como também não se pode deixar de intuir que essa pluralidade vertiginosa serve a um projeto poético rigorosamente coeso. Qualquer descrição de aspectos estilísticos poderá criar categorias analítico-estruturais que, provisórias, resvalarão em equívoco ou precariedade, caso o necessário salto interpretativo desconsidere contextos os mais diversos, sobretudo o contexto imediato de produção e recepção dos poemas: 1943-1945 (bem como o contexto da própria obra, que são os poemas em si e nos diálogos evocados entre si ou com outros universos artísticos). Desse modo, a coletânea não se restringe a apenas mimetizar fragmentos da realidade na qual explicitamente se engaja, porque, ao contrário, em seus aspectos os mais diversos, íntimos ou exteriores, transfiguram-se significados e significantes costumeiros, através de uma potente, porque polissêmica e densa, linguagem poética. Mas nem por isso a transfiguração da univocidade reificada deverá, necessariamente, romper com o significado social do ato lingüístico, porque o que se percebe nas especificidades líricas da obra drummondiana de 1943-1945 é, ao contrário, a figuração de si própria como ato discursivo, marcando essa metalinguagem como resultado rigoroso de volição lírica.
    Autor1TALARICO, FERNANDO BRAGA FRANCO

    Especificação

    ISBN9788574603865
    TítuloHISTÓRIA E POESIA EM DRUMMOND - A ROSA DO POVO
    EditoraEDUSC
    Formato16 X 23 cm
    Espessura3 cm
    Páginas344
    IdiomaPortuguês
    AssuntoCRITICA LITERARIA
    Edição1ª Edição
    Ano de Publicação2011

    QUEM VIU, VIU TAMBÉM

    Veja os livros que os outros também se interessam!

    Quem viu, viu também

    QUEM COMPROU, COMPROU TAMBÉM

    Veja os livros que os outros também se interessam!

    Quem comprou, comprou também

    MAIS VENDIDOS

    Veja os livros mais vendidos desta categoria!

      CONTINUECOM A GENTE!
      Assine nossa newsletter e fique por dentro das novidades da Livraria Unesp!