FENÍCIAS, AS

Calcule o valor e prazo do frete

    Sinopse

    Características

    'As fenícias', de Eurípides (480 a. C - 406 a. C), propõe um outro enfoque à saga do rei Édipo que matou o próprio pai e desposou a própria mãe e da sua linhagem amaldiçoada. Depois de Édipo Rei, Antígona e Édipo em Colono, de Sófocles, e de Os sete contra Tebas, de Ésquilo, é a vez de Jocasta ter voz, como mãe e como mulher (e, na verdade, toda a visão apresentada por Eurípides em As fenícias é feminina). Depois da revelação dos fatos trágicos acontecidos no reino de Tebas, Jocasta tenta chamar à razão Etéocles e Polinice, filhos dela e de Édipo, pois as opiniões dos irmãos divergem e eles ameaçam castigar o Estado e a família com uma guerra fratricida.O mais profundamente psicológico dos dramaturgos gregos dá ênfase, aqui, não aos atos e heróis da tradição grega, mas, antes, debruça-se sobre a força irrefreável das paixões humanas. São deixadas de lado as razões de estado e posta à luz a irracionalidade dos homens. Escrita em 411 a.C., quando a Grécia encontrava-se enfraquecida e enfrentava questionamentos da própria herança cultural, As fenícias é considerado um dos melhores trabalhos do autor. Outras de suas peças são: Medéia, As bacantes e As troianas.

    Home

    Sinopse1'As fenícias', de Eurípides (480 a. C - 406 a. C), propõe um outro enfoque à saga do rei Édipo que matou o próprio pai e desposou a própria mãe e da sua linhagem amaldiçoada. Depois de Édipo Rei, Antígona e Édipo em Colono, de Sófocles, e de Os sete contra Tebas, de Ésquilo, é a vez de Jocasta ter voz, como mãe e como mulher (e, na verdade, toda a visão apresentada por Eurípides em As fenícias é feminina). Depois da revelação dos fatos trágicos acontecidos no reino de Tebas, Jocasta tenta chamar à razão Etéocles e Polinice, filhos dela e de Édipo, pois as opiniões dos irmãos divergem e eles ameaçam castigar o Estado e a família com uma guerra fratricida.O mais profundamente psicológico dos dramaturgos gregos dá ênfase, aqui, não aos atos e heróis da tradição grega, mas, antes, debruça-se sobre a força irrefreável das paixões humanas. São deixadas de lado as razões de estado e posta à luz a irracionalidade dos homens. Escrita em 411 a.C., quando a Grécia encontrava-se enfraquecida e enfrentava questionamentos da própria herança cultural, As fenícias é considerado um dos melhores trabalhos do autor. Outras de suas peças são: Medéia, As bacantes e As troianas.
    Autor1EURIPIDES

    Especificação

    ISBN9788525414274
    TítuloFENÍCIAS, AS
    EditoraL&PM
    Formato11 X 18 cm
    Espessura1 cm
    Páginas104
    IdiomaPortuguês
    AssuntoLITERATURA ESTRANGEIRA
    Tipo de CapaLIVRO BROCHURA (PAPERBACK)
    Edição1ª Edição
    Ano de Publicação2008

    QUEM COMPROU, COMPROU TAMBÉM

    Veja os livros que os outros também se interessam!

    Quem comprou, comprou também

    MAIS VENDIDOS

    Veja os livros mais vendidos desta categoria!

      CONTINUECOM A GENTE!
      Assine nossa newsletter e fique por dentro das novidades da Livraria Unesp!